3 motivos mais comuns para demissão por justa causa

Os 3 motivos mais comuns para demissão por justa causa são:

3) ABANDONO DE EMPREGO

ADVOGADOS TRABALHISTAS
Advogada Trabalhista
Atuação na defesa dos trabalhadores

Acontece quando o empregado simplesmente deixa de comparecer ao trabalho sem qualquer justificativa.

Para que o abandono de emprego seja configurado, são necessários 2 requisitos:

  • Afastamento injustificado do empregado por 30 dias consecutivos ou mais;
  • Carta da empresa enviada para residência do empregado, requerendo o seu retorno imediato ao posto de trabalho;

Presentes os 2 requisitos, a empresa poderá aplicar a dispensa por justa causa sem problemas.

2) EXCESSO DE FALTAS INJUSTIFICADAS

Quando o empregado abusa das faltas injustificadas ao longo dos meses, o empregador pode vir a aplicar uma dispensa por justa causa.

Perceba que nesse caso, trata-se de uma justa causa que vai sendo construída a longo prazo, tendo em vista que a medida que o empregado vai faltando injustificadamente, o empregador precisa ir aplicando advertências verbais e escritas, bem como suspensões.

Quando o empregador estiver munido de várias advertências escritas e suspensões bem documentadas, após o empregado faltar inúmeras vezes injustificadamente pode ser aplicada a demissão por justa causa pelo motivo de desídia.

3motivos

1) ATESTADO MÉDICO FALSO

Muitos empregados, infelizmente, tem se utilizado de atestados médicos falsos para justificar suas ausências no trabalho.

Existem inclusive quadrilhas especializadas na falsificação e venda de atestados médicos falsos.

Se a empresa suspeitar que o atestado médico apresentado pelo empregado é falso, deve-se abrir uma sindicância interna, enviando uma cópia do atestado para o médico que supostamente assinou.

Caso o médico venha confirmar documentalmente que não se trata de sua assinatura, a empresa pode dispensar o empregado por justa causa de forma imediata e ainda pode abrir um boletim de ocorrência para que seja iniciada uma investigação criminal.

você pode gostar também
4 Comentários
  1. Isabel Diz

    Trabalho a 8 meses como vendedora em uma loja num shopping, as vendas por causa da crise caíram muito. Mas a loja por si ja vende pouco. Hoje já é 20 de fevereiro, não recebi o restante do salário do mês de janeiro, nem vale transporte, nem vale refeição, e muito menos a quinzena, já desse mês. Estou sem dinheiro pra ir trabalhar. O que faço? Como devo proceder?

  2. Araújo Diz

    Boa tarde, estou trabalhando há 6 meses numa empresa. Desde que entrei venho tendo vários problemas, atrasos de salários, falta de cumprimento de acertos, assinatura da CTPS após 12 dias de trabalho e resolvi me ausentar uns dias para descansar e ir em busca de um novo emprego (14 dias corridos). Queria saber se esses 14 dias de falta é suficiente para a empresa me dar uma justa causa? sendo que é a primeira vez que me ausento.

  3. Fábio Diz

    ola boa tarde! estou trabalhando a dois meses em uma empresa e o meu gerente pega muito no meu pé…sempre me ameassa dizendo q a qualquer momomento pode me mandar embora me cinto constrangido com a forma q me chama a atenção recente mente tentou me demitir mais os patroes nao viram razão pra isso cinto uma enorme perceguisao do mesmo pois faz questao de me inferiorisar diante de toda equipe …minha pergunta é,diante disso?oq posso fazer sobre essa situação como posso me defender perante a justica

  4. Cibele Diz

    Olá, sei que não tem muito envolvimento com o assunto mas tenho uma duvida. Hoje eu e irmã estávamos indo para o metrô e nisso eu passei o cartão dela estudantil, coloquei ele na minha bolsa e fui comprar o meu cartão. Nisso o senhor que fica na frente das catracas disse que o cartão era meu, fez um escândalo na frente de todos e ainda queria nos levar a delegacia, eu e minha irmã nos sentimos muito humilhadas e constrangidas, pois eu paguei minha passagem e ainda sim ele pegou o cartão dela. Foi graças a guarda do metrô que conversou comigo e com ela que não fez essa situação ser pior, mas vale a pena eu tomar alguma providencia contra ele pelo constrangimento que passamos?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale com a gente agora!