Fiquei afastada pelo INSS. Recebo décimo terceiro?

Quando um trabalhador se afasta de suas atividades profissionais devido a problemas de saúde, surgem dúvidas sobre os direitos e obrigações tanto do empregador quanto do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Uma das principais questões é a respeito do recebimento do 13º salário. Vamos esclarecer como isso funciona.

Compartilhe esse post no Whatsapp

A Responsabilidade da Empresa Durante o Afastamento

ADVOGADOS TRABALHISTAS
Mais de 20 anos de experiência
Em defesa do empregado!

O Pagamento dos Primeiros 15 Dias

Durante os primeiros 15 dias de afastamento, a responsabilidade pelo pagamento do salário é da empresa. Isso inclui o proporcional do 13º salário referente a este período.

A lógica por trás dessa regra é que, nesse intervalo inicial, ainda não se considera o trabalhador como afastado oficialmente para fins de benefícios do INSS.

A Participação do INSS no Processo

O Pagamento do Décimo Terceiro Durante o Afastamento

Após os primeiros 15 dias, o INSS assume a responsabilidade pelo pagamento do benefício de afastamento. Isso inclui também o pagamento proporcional do 13º salário referente ao período de afastamento. O valor é calculado com base no benefício recebido mensalmente e respeita o limite do teto da previdência social.

Entendendo o Cálculo do Décimo Terceiro pelo INSS

Como é Feito o Cálculo

O cálculo do 13º salário pago pelo INSS é proporcional ao tempo de afastamento. Por exemplo, se você ficou afastado por 6 meses, receberá a metade do valor que seria o seu 13º salário integral.

Limites e Restrições

É importante lembrar que o valor do 13º salário pago pelo INSS tem como limite máximo o teto da previdência. Isso significa que, mesmo que o seu salário seja superior a esse teto, o 13º salário será calculado com base no valor máximo estipulado pela previdência.

Se você se afastou do trabalho e está recebendo benefícios do INSS, é importante entender como funciona o pagamento do seu 13º salário.

Lembre-se de que a empresa é responsável pelo pagamento proporcional dos primeiros 15 dias de afastamento e o restante do período, se houver, será responsabilidade do INSS, sempre respeitando o teto da previdência. Conhecer seus direitos é essencial para garantir que você receba tudo o que é devido.

Entre agora no nosso canal do Whatsapp, clicando aqui.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Fale com a gente agora!