É errado pedir demissão por mensagem?

Afinal, é errado pedir demissão por mensagem? A resposta curta é: não, não é errado nem ilegal. Porém, existem alguns detalhes que você precisa saber para que essa ação seja feita de forma adequada e respeitosa. Vamos explorar mais essa questão!

Compartilhar no Whatsapp

É possível pedir demissão à distância?

ADVOGADOS TRABALHISTAS
Advocacia e Consultoria Trabalhista
Mais de 18 anos de experiência

Sim, é possível! É totalmente compreensível que, por diversos motivos, você possa precisar ou preferir pedir demissão à distância. Esse movimento pode ser especialmente relevante em situações de trabalho remoto, por exemplo. No entanto, é crucial que esse pedido seja documentado de maneira adequada.

A documentação é importante porque, sem um comprovante de sua intenção de deixar o emprego, você poderá se encontrar em uma situação delicada. Isso porque a ausência no trabalho sem uma explicação pode ser interpretada como abandono de emprego, uma situação que pode levar a uma demissão por justa causa.

Como formalizar o pedido de demissão?

Agora que entendemos que é possível pedir demissão à distância, você deve estar se perguntando como proceder. A forma mais recomendada de formalizar um pedido de demissão é redigir uma carta, de próprio punho, expressando sua intenção de deixar o emprego. Essa carta deve então ser entregue ao seu empregador.

Por que esta é a forma mais recomendada? Porque permite que ambos os lados tenham uma cópia física do documento, garantindo a proteção legal de ambos. Além disso, é uma maneira de manter a interação profissional e respeitosa.

Dito isto, se a situação exigir uma comunicação à distância, você pode enviar a carta de demissão por e-mail ou outro meio eletrônico que permita a confirmação de recebimento. No entanto, é importante seguir as formalidades padrão da carta de demissão para garantir que tudo esteja devidamente documentado.

Pedir demissão e sair no mesmo dia

Após a formalização do pedido de demissão, surge a questão: você pode sair no mesmo dia? Tecnicamente, sim, você pode. Mas, aqui, novamente, há algumas ressalvas.

Se seu empregador não dispensar o cumprimento do aviso prévio, ele pode descontar um mês de remuneração no momento do pagamento da rescisão. O aviso prévio, que geralmente dura 30 dias, é uma maneira de ambas as partes se ajustarem à mudança iminente. No entanto, se ambas as partes concordarem, o aviso prévio pode ser dispensado.

Em conclusão, pedir demissão por mensagem não é errado, nem ilegal. No entanto, é essencial que esse processo seja conduzido de forma respeitosa e profissional. Certifique-se de formalizar seu pedido adequadamente, atentar para a questão do aviso prévio e se comunicar claramente com o empregador. Desta forma, você pode garantir uma transição suave para a próxima fase de sua carreira.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Fale com a gente agora!