Estou afastada do trabalho. Quando voltar posso ser demitida?

Em muitas situações, os trabalhadores precisam se afastar do trabalho por conta de alguma enfermidade. Mas uma dúvida que surge frequentemente é: “Quando eu voltar ao trabalho, posso ser demitida?” A resposta a essa pergunta depende muito da natureza do afastamento.

Compartilhar no Whatsapp

Se você está afastada por doença, recebendo auxílio doença comum, não tem direito a estabilidade. Isso significa que, em tese, a empresa pode optar por demitir você sem justa causa após o seu retorno.

ADVOGADOS TRABALHISTAS
Advocacia e Consultoria Trabalhista
Mais de 18 anos de experiência

Dispensa discriminatória

Nenhum trabalhador deseja ser dispensado, ainda mais sob circunstâncias que sugiram preconceito ou discriminação. Mas, infelizmente, em alguns casos, pode acontecer.

Se a empresa opta por demiti-lo logo após o seu retorno do afastamento e fica evidente que essa decisão se baseia em discriminação, essa demissão pode ser contestada judicialmente. Um trabalhador que se sente prejudicado dessa forma pode buscar reparação.

Vamos considerar um exemplo: uma trabalhadora que foi afastada do trabalho por causa da depressão. Se, ao voltar, a empresa demonstra que quer dispensá-la por considerá-la “problemática” ou “inapta”, estamos diante de um caso que pode ser configurado como dispensa discriminatória.

Em tais cenários, é crucial buscar apoio jurídico. Consultar um advogado trabalhista especialista é fundamental para entender seus direitos e as possíveis ações a serem tomadas.

Acidente de trabalho ou doença adquirida no trabalho

Há, no entanto, situações onde o trabalhador conta com uma proteção extra em relação à estabilidade. Se você se afastou do trabalho devido a um acidente ocorrido durante o exercício da função ou por uma doença que foi adquirida por conta do ambiente ou das condições laborais, você tem direitos adicionais.

Nesse caso, você possui o direito à estabilidade provisória no emprego. Isso significa que, após o seu retorno, não pode ser dispensada pelo período de 12 meses. Esse é um direito do trabalhador e uma garantia de que não será prejudicado por problemas de saúde que tenham relação direta com sua atividade profissional.

O mundo do trabalho possui regras específicas, e é fundamental que o trabalhador esteja bem informado sobre seus direitos. Caso se sinta inseguro ou desamparado, sempre busque orientação jurídica. Conhecer seus direitos é o primeiro passo para defendê-los!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

Fale com a gente agora!